Dia Nacional do Livro


Certa vez ouvi uma frase que é a mais pura verdade: "Ler é um ato de libertação"

Amo ler, mas esse amor que tenho hoje pela leitura nasceu quando já era adulta e foi crescendo aos pouquinhos. Nunca é tarde quando se tem vontade, não é mesmo?

Alguns livros eu consigo ler em dias - Nada a Perder Vol. 2 eu li em 24 horas e ainda escrevi um post e publiquei aqui no blog! 

Outros de tão bom, eu releio várias vezes. Mas sempre peço a Deus para que cada livro lido não seja mero conhecimento ou simplesmente palavras, mas que através deles eu possa crescer como pessoa, crescer na minha fé e desenvolver dia após dia - para glória Dele.

A leitura é um bom hábito que precisamos cultivar no nosso dia a dia, pois além de dar asas à nossa imaginação, ler nos conduz ao conhecimento, nos ajuda a desenvolver a capacidade de pensar, refletir e tirar as nossas próprias conclusões a respeito de qualquer assunto. 

Existe um versículo na Bíblia onde Deus fala que "meu povo sofre porque lhe falta conhecimento" Oséias 4:6. 

Claro que esse conhecimento a que Deus se refere é da Sua Palavra, pois nenhum livro é capaz de nos trazer mais conhecimento do que a Palavra de Deus. 

E não só conhecimento, mas também sabedoria, direção e principalmente, libertação. Lembra da frase que está escrita no inicio desse post

"Ler é um ato de libertação" 

A leitura pode sim, nos libertar da ignorância e um livro pode dá asas a nossa imaginação e nos fazer transportar muros e fronteiras, mas a verdadeira liberdade, a verdade que liberta a nossa alma, essa só encontramos através da Palavra de Deus. 

Posso ler qualquer livro, mas a Bíblia é, e sempre será, o meu livro favorito.



 Sobre o Dia Nacional do Livro
O dia 29 de outubro foi escolhido para ser o “Dia Nacional do Livro”, por ser a data de aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil. A Biblioteca Nacional foi transferida para o Brasil em 29 de outubro de 1810 e essa passou a ser a data oficial de sua fundação. O Brasil passou a editar livros a partir de 1808 quando D.João VI fundou a Imprensa Régia e o primeiro livro editado foi "Marília de Dirceu", de Tomás Antônio Gonzaga.
Para todos que apreciam uma boa leitura: Feliz Dia Nacional do Livro!
Postar um comentário