Não caia no golpe

/
1 Comments
A internet é uma ferramenta maravilhosa. Através dela nos conectamos com o mundo e temos a oportunidade de aprender cada vez mais, basta sabermos utiliza-la com cuidado e sabedoria.
No ano passado o Brasil registrou 67,9 milhões de internautas. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2009, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no dia 08 desse mês. Essa mesma pesquisa mostra que o crescimento do número de usuários de internet no Brasil foi maior entre os mais velhos e as mulheres. Confira a reportagem no R7.com. Mas, infelizmente não existem somente pessoas bem intencionadas conectadas na rede. Cada vez mais temos notícias de fraudes e golpes cometidos na Internet. É muito grande a quantidade de pessoas que tem usado a sua inteligência para prejudicar outras pessoas, danificar computadores, roubar identidade, senhas de acesso e outras coisas mais.ilust-fraudes



Você sabia que 76% dos internautas no Brasil, já caíram em golpes na internet? Por isso todo cuidado é pouco quando estamos navegando e principalmente quando abrimos um e-mail, pois os golpes online, geralmente são iniciados por e-mail.
Podemos evitar transtornos se estivermos atentos a alguns detalhes importantes. Geralmente, os scammers, como são chamados os golpistas online, deixam traços muito claros nos e-mails falsos que mandam.

Características mais comuns dos e-mails falsos usados em golpes online:
  • Erros de português e textos fora de formatação
  • URL estranha 
  • Sites hospedados em serviços de hospedagem gratuita,
  • Pedido para enviar o e-mail para "o maior número de pessoas possível"
  • Oferta válida só pela Internet

Saiba mais a respeito aqui Veja abaixo alguns exemplos de e-mails que devemos evitar abrir
  • E-mails nos quais o remetente afirma ser Receita Federal e solicitam CPF;
  • Cartões com mensagens românticas de pessoas anônimas;
  • Fotos e imagens de desastres;
  • Loterias com prêmios milionários informando que você foi o grande ganhador;
  • Foto torpedo;
  • Clique aqui e veja nossas fotos;
O que deve causar desconfiança?
Endereços que trazem na primeira parte o nome da empresa e na segunda um provedor gratuito;
Palavras em ordem estranha ou escritas de forma errada;
Quando o cursor é colocado sobre um link em um e-mail e surgem símbolos como “ftp/”, “.exe”, “.scr” e “.bat”.

Conheça alguns cuidados fundamentais para navegar na internet com segurança que encontrei aqui


Mantenha atualizado o software antivírus.
Instale uma barreira de proteção (firewall).
Ao acessar sites, tome cuidado com aplicações ActiveX e Java, de origem desconhecida.
Nunca informe suas senhas a ninguém, mesmo que a pessoa se identifique como funcionário do banco, da administradora de cartões ou do provedor de acesso.
Troque suas senhas regularmente.
Misturar números e letras torna a senha mais segura. Senhas formadas apenas com letras são facilmente desvendadas. Basta acrescentar um número ou algum dígito especial para a probabilidade de ter a sua senha descoberta diminuir sensivelmente.
Em salas de bate-papo (chats), não coloque em suas mensagens informações como endereço, telefone, nome completo, lugar onde trabalha ou estuda, bairro onde mora etc.
Os vírus podem ser transmitidos pela simples navegação em páginas da Internet, pelo compartilhamento de arquivos e até em salas de bate-papo. A transmissão por e-mail, no entanto, é a mais usual.
Passando o antivírus todos os dias, seu computador está protegido. Mas é preciso que o programa de proteção seja atualizado constantemente, e seja do tipo ativado automaticamente (assim que você liga o computador). Novos métodos de infecção surgem diariamente. Os antivírus não são totalmente infalíveis.
Use o bom senso ao navegar pela Internet. De nada adianta você ter os programas de proteção e não tomar cuidado na rede.
Quando um site garante que você, internauta, está numa área segura, isso quer dizer que tudo o que você digita está sendo criptografado. Mas, note se existe o desenho de um cadeado fechado ou uma chave, no canto inferior da tela do computador. Isso dá maior certeza de que a empresa contatada está utilizando a criptografia, ou seja, o embaralhamento dos dados para confundir possíveis invasores.
Cadastros na Internet, realizados em sites conhecidos, cuja política de privacidade é explícita, não oferecem problema algum. Empresas sérias geralmente deixam claro que não vão repassar suas informações a terceiros. Evite fornecer seus dados pessoais em sites de empresas que você não conhece.
Alguns internautas mal-intencionados vigiam o que os outros conversam em salas de bate-papo, só para coletar o maior número de informações sobre a vítima. “Engenharia social” é o nome que se dá a esta prática.
É seguro digitar o número do cartão de crédito na rede. O risco nesse caso, é o mesmo que se corre ao entregar o cartão a um garçom no restaurante ou informar seu número por telefone. É uma possibilidade com a qual temos de conviver. Como precaução pode-se confiar o número a sites reconhecidamente estabelecidos.
Antes de chegar ao destinatário, a mensagem eletrônica passa por diversos lugares. Todo grande provedor garante que as mensagens são protegidas contra o acesso de terceiros, mas o ideal é você só trocar informações de caráter sigiloso ou valor material se dispuser de um programa de criptografia.
Aprenda a navegar e mantenha-se informado sobre novos softwares e sites mais acessados. Pesquise sobre salas de chat, entre nesses sites e aprenda como eles funcionam.
Use senhas diferentes para cada software que você possua e para cada site que freqüente. Oriente toda a família a fazer o mesmo e explique que essas senhas jamais devem ser digitadas em outros computadores.
Não mande fotos pela rede para desconhecidos. Elas podem ser adulteradas e retransmitidas mundo afora.
Não permita que ninguém compre nada na Internet sem a sua aprovação. Na hora da aquisição, confira no rodapé de seu programa de navegação o sinal de cadeado fechado, que indica site seguro.
Antes de usar um novo site de compras, procure informações sobre sua credibilidade e sua eficiência.
Correntes, pirâmides financeiras e mesmo campanhas de solidariedade devem ser evitadas na rede. Em alguns casos, você pode tornar-se cúmplice de estelionato.
Cuidado ao substituir ou fazer manutenção de computadores. Mesmo apagados do disco rígido, registros antigos poderão ser recuperados. Exija a peça trocada e destrua-a, antes de jogá-la fora.
Não ande com seu computador portátil em lugares inseguros, não o deixe sobre o banco do carro e guarde-o em lugar protegido. Em caso de roubo, mesmo que o equipamento esteja segurado, os dados podem ser irrecuperáveis.

Depois dessas dicas não tem como cairmos em golpes na internet, não é verdade?
Forte abraço


Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.