Você é único (a). Não fique se comparando com ninguém!

/
0 Comments
A comparação é uma péssima companhia, pois ela sempre vem acompanhada de sentimentos nocivos - de inferioridade ou de soberba. 

Quando nos comparamos com os outros, ou nos "achamos" piores ou melhores do que alguém. Isso é fato. 

Infelizmente todos nós estamos sujeitos a ter essa companhia indesejável presente em algum momento da nossa vida - nós mulheres, mais ainda. 


A verdade é que somos tentados todos os dias a nos comparar com alguém, seja no mundo real ou no virtual. 


É claro que sempre haverá pessoas mais bonitas, mais talentosas, mais inteligentes, mais isso, mais aquilo...E com o crescimento da internet e de redes sociais como o Facebook e o Twitter podemos ver isso diretamente na nossa timeline ou feed de notícias, não é mesmo?


Para muitas pessoas isso é um tormento, principalmente se forem inseguras ou insatisfeitas com o que tem ou são. 

Elas olham uma foto ou uma publicação qualquer e automaticamente se comparam com fulano, com beltrano e é claro que, ou ficam "pra baixo" ou com inveja ou ensoberbecida. 

Comparar-se com os outros produz esses sentimentos.

E mais, se ao ligar a TV ou folhear revistas com notícias das celebridades, uma pessoa for daquelas que só visam o exterior e cair na besteira de ficar se comparando, ela pode ser capaz até de atentar contra sua vida - Não é isso que acontece quando uma mulher procura uma clínica de fundo de quintal e paga para colocar três litros de silicone, só para ter um seio igual ao da modelo que ela viu numa revista? 

Quantas são as mulheres que se olham no espelho e "aconselhadas" pela comparação, colocam suas vidas em risco fazendo uma cirurgia plástica ou lipoaspiração desnecessária? Quantas perderam a vida assim?


Como bem sabemos, nem tudo que está na rede ou nas revistas, é real ou verdadeiro - tem muita coisa "fotoshopada" por aí. Por isso não vale a pena se comparar com ninguém, muito menos com aquela modelo "turbinada", com suas curvas perfeitas e sem nenhuma celulite no bumbum que vemos nas revistas. 


Você se compara com ela e sabe o que acontece? Sofre à toa e o que é pior, por uma imagem retocada e que não corresponde a realidade.

Não sofra à toa.
Admirar ou seguir um determinado exemplo - positivo - de alguém, pode até nos ajudar a crescer como pessoa, mas precisamos resistir a tentação de nos comparar, seja lá com quem for. 

Devemos expulsar essa companhia desagradável da nossa vida, assim que ela "der as caras". Não podemos ficar batendo papo com ela, nem ouvindo o que ela tem para nos dizer, pois com certeza ela não nos trará benefício algum.

Somos únicos e Deus nos fez diferentes uns dos outros com certeza com um propósito. Cada um com suas características, com suas peculiaridades, com seus talentos...


E por falar neles. Todos nós possuímos pelo menos um talento, mas adivinha o que nos impede de descobri-lo? 


Ela mesma, a companhia desagradável citada no inicio desse post. 


Para finalizar deixo um conselho: Procure se conhecer e concentre-se nas suas conquistas e nas suas qualidades. 


Sim, amigo (a) você tem qualidades! 

Descubra seus pontos fortes e o talento que está escondido dentro de você. 

Aprenda a valorizar-se e a valorizar e o que você tem. Agindo assim, Deus lhe mostrará que você não é melhor ou pior do que ninguém, mostrará que você é único (a). Para de se comparar com os outros!

P.S. Ainda que sejamos gêmeos idênticos, o nosso DNA não é o mesmo que o de nosso irmão ou irmã. 
Somos únicos (as). Até nossas digitais provam isso. Será que esse detalhe que Deus colocou na nossa vida foi em vão? Eu penso que não...


Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.