Gostaria que todas as pessoas fossem como eu...

/
0 Comments

Quantas não são as pessoas que nutrem dentro de si esse desejo, de que outras pessoas sejam como elas...Ou então ficam desejando que seu marido, esposa, filho (a), empregado (a) ou colega de trabalho sejam como fulano (a) ou beltrano (a), e é claro que isso acaba causando conflitos num relacionamento. Seja ele qual for.

Ainda mais quando algumas pessoas resolvem despejar a sua insatisfação sobre outras, pelo fato de achar que as mesmas não são "tão boas", "tão inteligentes", "tão espirituais", "tão perfeitas"...quanto elas ou então que seu filho (a), marido, esposa, amiga...não tem as qualidades ou atributos que uma outra pessoa tem. 


Será que é tão difícil entender que Deus não nos fez iguais, mas diferentes? Será que é difícil entender que cada pessoa é única? Que cada pessoa tem as suas qualidades, atributos, dons, ...? 


Querer que os outros sejam a "nossa imagem e semelhança" ou viver comparando uma pessoa com outra...Eis a receita perfeita para causar desconfortos, frustrações e atritos nos relacionamentos. 


Ou você acha que seu filho fica feliz da vida quando você fica cobrando que ele seja igual ao filho da sua vizinha? E seu marido? Ele fica radiante quando você fica comparando ele com àqueles personagens fictícios das novelas ou dos filmes de Hollywood né? 





Gostaria que todos os homens fossem como eu; maaaaaas cada um tem o seu próprio dom da parte de Deus; um de um modo, outro de outro. I Coríntios 7:7


O apóstolo Paulo entendeu que cada pessoa é diferente da outra e embora em algum momento tenha desejado que todos os homens fossem como ele, o mesmo sabia que isso não era possível. Afinal, cada um é cada um.

Quando entendemos isso, então passamos a tratar as pessoas como nós gostaríamos de ser tratados. Não com egoísmo, rejeição, comparação, imposição...mas com respeito. 


Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.