Descobrindo, compartilhando e aprendendo

/
0 Comments
Olá querida amiga e leitora! 

Hoje quero primeiramente agradecê-la por sua paciência e por você não ter abandonado o blog por causa do post anterior rsrsrs. Como disse, eu tento simplificar, cortar palavras, excessos, ser direta, mas nem sempre consigo escrever assim e alguns posts acabam ficando looooooooongos e tenho que dividi-los. Mas saiba que não é minha intenção cansa-la e muito menos enrola-la viu? Eu sei que é chato lê um texto muito longo na internet e aqui pra gente, tem horas que nem eu aguento =:)

Bom, deixa eu parar com esse trolóló por enquanto rsrsrsrs e ir direto ao ponto - quer dizer, direto à receita da máscara capilar feita com iogurte natural, mel e Bepantol, que serve para nutrir, hidratar e fazer o cabelo brilhar!


Amiguinha, os ingredientes você já sabe né? Portanto anota aí a quantidade: (e faça, pois você vai gostar!)  

Você vai precisar de:
  • Meio copo de iogurte natural (se o seu cabelo for grande ou volumoso utilize o copo todo)
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 2 colheres (sopa) de Bepantol liquido
Misture todos os ingredientes e reserve. Lave seus cabelos com xampu de costume e retire todo excesso de água com uma toalha. Divida seu cabelo em quatro partes iguais e aplique a máscara. Envolva seus fios com um filme plástico (ou touca plástica) e deixe agir por uns 15 min. Enxague bem para retirar todo resíduo da máscara e se desejar aplique um pouco de condicionador nas pontas. De preferência faça uma escova no seu cabelo, pois assim você verá melhor o resultado da máscara no seu fio.


Qual é o resultado? Eu já adiantei, mas faça e depois venha aqui me contar rsrsrs. 

=> Dica: a máscara acaba escorrendo um pouco e o ideal é aplica-la no banheiro. Que tal aproveitar os 15 minutos de pausa para relaxar e se cuidar?

=> Sugestão: faça uma esfoliação no seu rosto ou corpo.



Para isso você não precisará de nenhum produto caro. Basta misturar 3 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de sopa de mel ou então 1 colher de sopa de mel (um pouco mais se necessário) e 3 colheres de sopa de aveia em flocos (ou fubá) e aplicar em movimentos circulares e suaves no rosto ou corpo (ou nos dois!) e com isso você eliminará células mortas e garantirá uma pele macia e lisinha. 

Voltando para a máscara 

Entenda por que o cabelo fica nutrido, brilhante e hidratado com a máscara de iogurte, mel e Bepantol. Benefícios de cada ingrediente:

=> Os benefícios do mel para o cabelo são devido suas propriedades adstringentes, suavizantes e antioxidantes. Ele funciona como um hidratante natural e quando aplicado no cabelo, promove mais brilho, maciez e aumenta a elasticidade, evitando que os cabelos fiquem quebradiços. Além disso regenera e nutre os fios ressecados e quebradiços e fortalece a raiz.

=> O benefício do iogurte natural para o cabelo se refere ao seu teor de proteína. A proteína é um nutriente essencial para o crescimento do cabelo e das unhas.

=> Os benefícios do Bepantol para o cabelo já contei no post anterior, mas falar do "B" nunca é demais né? Se você usa me entende perfeitamente rsrsr

O Bepantol é rico em vitamina B5 e pode ser utilizado puro ou misturado em cremes. Os resultados são esses:
  • Cabelo hidratado: a vitamina B5 age no couro cabeludo evitando o ressecamento.
  • Reparação gradativa de danos causados por tratamentos químicos. Se você pintou, descoloriu os fios ou fez algum tipo de progressiva, utilize Bepantol para trazer a saúde de volta do seu cabelo.
  • Fortalecimento da raiz e de todo o fio. A vitamina B5 deixa a raiz do cabelo mais forte e saudável, evitando quebras.
Os três ingredientes - mel, iogurte natural e Bepantol - separados já produzem um bom resultado para o cabelo, juntos eles se tornam excelentes! Entendeu por que vale a pena aplicar essa máscara pelo menos a cada 15 dias nos cabelos?

=> Dica: A máscara que é feita com: 1 tampinha de Bepantol, 1 colher de sopa de açúcar e 2 colheres de creme para hidratação (Mistura tudo, aplica no cabelo lavado e deixa agir 20 min) também é MUITO BOA!!!

Para encerrar a série de postagens sobre Dilemas cabelísticos. 

Certa vez fui ao salão para escovar meu cabelo e meu estresse começou ainda no lavatório, pois a "cabeleireira" arranhou meu couro cabeludo todo com suas unhas gigantes, dizendo ela que estava lavando! 
Sentei na cadeira e depois de ouvir alguns "crecs" tive que pedir para ela o pente para que eu mesma desembaraçasse os fios - senão metade deles ficariam ali mesmo. 

Com os fios desembaraçados, a "cabeleireira" separou as mechas e ainda bem que não tenho gastrite nervosa, pois a pior parte foi quando ela começou a escovar...

Levei tanto puxão e esquentada na cabeça que tive vontade de mandar ela parar no meio da escova, me levantar e nunca mais pisar os pés naquele salão! 

Mas continuei sentada e fui fazendo um verdadeiro controle da mente para aguentar até o fim rsrsrsr. 

No final da sessão de "tortura", quando olhei para o espelho e vi o resultado...quase chorei. Mas tive de me "contentar" e ainda por cima pagar um preço salgado por ele! 

Obs.: Tem certos "profissionais", que não são assim tão profissionais...alguns ainda querem cobrar tão caro por um serviço mal feito! Que coisa né?!

Enfim, aquela foi umas das piores escovas que fiz até hoje, por isso não esqueço da situação e só não molhei o cabelo quando cheguei em casa, pois era véspera de Ano Novo! 

=> Ainda bem que tenho em casa meu kit para arrumar cabelo e contei também com a ajuda dos meus amigos "bobes". Eles salvaram a péssima escova que fiz no salão naquele dia e evitaram que eu ficasse ainda mais chateada.

Bom, não dá para contar todos os meus dilemas cabelísticos aqui no blog (só se ele fosse exclusivamente sobre cabelo rssrss), mas as experiencias que tive, mesmo as ruins, serviram de lição. A principal delas: TER CAUTELA COM QUÍMICA.

Hoje eu sei que tenho de evitar usar mais de um tipo de química no meu cabelo, só se não tiver jeito (mesmo) - Tenho alguns fios brancos gaiatos espalhados pela minha cabeça e por enquanto estou fugindo de tintura, pois eles estão disfarçados e quase não aparecem, mas vai chegar uma hora que terei de pintar ao invés de tonalizar. Já estou imaginando...

Outra lição que aprendi: RESPEITAR, SABER O QUE FUNCIONA PARA MEU TIPO DE CABELO E SABER LIDAR COM ELE. 

Amiga, não adianta querermos tapar o sol com a peneira, cabelo crespo é mais frágil e sensível! Tem horas que ele é cricri, cheio de vontade própria e de vez em quando resolve mostrar que tem personalidade...é ou não é? Rsrssr

O melhor que podemos fazer é respeita-lo, saber o que funciona para acalma-lo nos dias de crise e aprender a lidar com ele. 

=> Cabelo crespo tecnicamente falando: 
“A cutícula do cabelo crespo possui uma espessura irregular e se quebra facilmente na parte que é mais fina e, consequentemente, deixa o córtex do fio capilar desprotegido e sujeito à quebra. Por isso exige um tremendo cuidado." Li aqui ó

Pois é querida, se o seu cabelo, assim como o meu, possui essas características, você já deve saber o tremendo cuidado que ele exige e que temos motivos de sobra para sermos cautelosas com ele, não é mesmo?

=> Saiba mais sobre as características de um cabelo crespo e como cuidar deles aqui (ótimas dicas!).

Considerações (quase) finais

Às vezes na vida passamos por determinadas situações que servem para nosso aprendizado, como também para o nosso crescimento ou amadurecimento como pessoa. 

De uma forma ou de outra as experiências que vivemos hoje, sejam boas ou ruins, poderão nos ensinar algo no futuro - principalmente a não repetir os mesmos erros. 

Na hora não conseguimos entender ou enxergar com clareza, afinal de contas quem é que num momento de dificuldade (ou quando o cabelo está caindo rsrsrsrsr) fica pensando que vai aprender algo ou que vai adquirir alguma experiência? 
Acredito que ninguém. 

Mas o fato é que, tudo nessa vida serve para nosso aprendizado - TUDO.

A "tragédia cabelística" que aconteceu comigo bem na época do meu casamento (se você não leu a minha triste história rsrssrr clique aqui) e outras experiências ao longo desses anos com meu cabelo, serviram de aprendizado para mim. 

=> Só uma coisinha. Eu disse no primeiro post da série e torno a repetir: Meu cabelo (hoje) não é daqueles que arrancam suspiros do tipo "uau que cabelo lindo!" e tenho plena consciência disso. Também não escrevi essas postagens por pura pretensão, colocando fotos pessoais simplesmente para aparecer ou porque "eu me acho" alguma coisa. 
Porque que tem pessoas que gostam de julgar tanto né? Ainda tem aquelas que se dão ao trabalho de escrever um e-mail ou um comentário só para destilar veneno! 
Sou totalmente a favor das críticas (construtivas), elas nos ajudam a melhorar, mas falta de educação, grosseira e inveja partem de pessoas que tem problema nos olhos...essas não criticam para ajudar, mas sim para julgar e condenar. Querido (a) anônimo (a) se esse for o seu caso, sugiro que leia esse texto aqui e depois lute para sair da escuridão!

Voltando ao assunto. Mesmo passando por dificuldades, lutas, momentos complicados...podemos sim, fazer descobertas que poderão mudar a nossa condição e também aprender valiosas lições - desde que não fiquemos nos lamentando, é claro.

E sabe qual é a melhor parte? Podemos ajudar outras pessoas compartilhando não apenas os momentos bons que vivemos, mas também as tristes experiências. Espero sinceramente que nessa série eu tenha conseguido ajudar alguém...



Tatiana, um simples vaso. Descobrindo, compartilhando e aprendendo!

Forte abraço e até o próximo post.


Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.