Escolha uma boa senha

/
0 Comments

    senha

Uma senha (password) na Internet, ou em qualquer sistema computacional, serve para autenticar o usuário, ou seja, é utilizada no processo de verificação da identidade do usuário, assegurando que este é realmente quem diz ser.

Se uma outra pessoa tem acesso a sua senha, ela poderá utilizá-la para se passar por você na Internet. Alguns dos motivos pelos quais uma pessoa poderia utilizar sua senha são:



  1. ler e enviar e-mails em seu nome;
  2. obter informações sensíveis dos dados armazenados em seu computador, tais como números de cartões de crédito;
  3. esconder sua real identidade e então desferir ataques contra computadores de terceiros.

Portanto, a senha merece consideração especial, afinal ela é de sua inteira responsabilidade.

O que não se deve usar na elaboração de uma senha?

Nomes, sobrenomes, números de documentos, placas de carros, números de telefones e datas deverão estar fora de sua lista de senhas. Esses dados podem ser facilmente obtidos e uma pessoa mal intencionada, possivelmente, utilizaria este tipo de informação para tentar se autenticar como você.

Existem várias regras de criação de senhas, sendo que uma regra muito importante é jamais utilizar palavras que façam parte de dicionários. Existem softwares que tentam descobrir senhas combinando e testando palavras em diversos idiomas e geralmente possuem listas de palavras (dicionários) e listas de nomes (nomes próprios, músicas, filmes, etc.).


O que é uma boa senha?
Uma boa senha deve ter pelo menos oito caracteres (letras, números e símbolos), deve ser simples de digitar e, o mais importante, deve ser fácil de lembrar.


Normalmente os sistemas diferenciam letras maiúsculas das minúsculas, o que já ajuda na composição da senha. Por exemplo, "pAraleLepiPedo" e "paRalElePipEdo" são senhas diferentes. Entretanto, são senhas fáceis de descobrir utilizando softwares para quebra de senhas, pois não possuem números e símbolos, além de conter muitas repetições de letras.


 Como elaborar uma boa senha?
Quanto mais "bagunçada" for a senha melhor, pois mais difícil será descobrí-la. Assim, tente misturar letras maiúsculas, minúsculas, números e sinais de pontuação. Uma regra realmente prática e que gera boas senhas difíceis de serem descobertas é utilizar uma frase qualquer e pegar a primeira, segunda ou a última letra de cada palavra.


Por exemplo, usando a frase "batatinha quando nasce se esparrama pelo chão" podemos gerar a senha "!BqnsepC" (o sinal de exclamação foi colocado no início para acrescentar um símbolo à senha). Senhas geradas desta maneira são fáceis de lembrar e são normalmente difíceis de serem descobertas.


Vale ressaltar que se você tiver dificuldades para memorizar uma senha forte, é preferível anotá-la e guardá-la em local seguro, do que optar pelo uso de senhas fracas.


Quantas senhas diferentes devo usar?
Procure identificar o número de locais onde você necessita utilizar uma senha. Este número deve ser equivalente a quantidade de senhas distintas a serem mantidas por você. Utilizar senhas diferentes, uma para cada local, é extremamente importante, pois pode atenuar os prejuízos causados, caso alguém descubra uma de suas senhas.


Para ressaltar a importância do uso de senhas diferentes, imagine que você é responsável por realizar movimentações financeiras em um conjunto de contas bancárias e todas estas contas possuem a mesma senha. Então, procure responder as seguintes perguntas:


1-Quais seriam as conseqüências se alguém descobrisse esta senha?
2-E se fossem usadas senhas diferentes para cada conta, caso alguém descobrisse uma das senhas, um possível prejuízo teria a mesma proporção?


Com que freqüência devo mudar minhas senhas?
Você deve trocar suas senhas regularmente, procurando evitar períodos muito longos. Uma sugestão é que você realize tais trocas a cada dois ou três meses.


Procure identificar se os serviços que você utiliza e que necessitam de senha, quer seja o acesso ao seu provedor, e-mail, conta bancária, ou outro, disponibilizam funcionalidades para alterar senhas e use regularmente tais funcionalidades.


Caso você não possa escolher sua senha na hora em que contratar o serviço, procure trocá-la com a maior urgência possível. Procure utilizar serviços em que você possa escolher a sua senha.


Lembre-se que trocas regulares são muito importantes para assegurar a confidencialidade de suas senhas.
De nada adianta elaborar uma senha bastante segura e difícil de ser descoberta, se ao usar a senha alguém puder vê-la. Existem várias maneiras de alguém poder descobrir a sua senha. Dentre elas, alguém poderia:



  1. observar o processo de digitação da sua senha;
  2. utilizar algum método de persuasão, para tentar convencê-lo a entregar sua senha
  3. capturar sua senha enquanto ela trafega pela rede.
Em relação a este último caso, existem técnicas que permitem observar dados, à medida que estes trafegam entre redes. É possível que alguém extraia informações sensíveis desses dados, como por exemplo senhas, caso não estejam criptografados.

Portanto, alguns dos principais cuidados que você deve ter com suas senhas são:


  1. certifique-se de não estar sendo observado ao digitar a sua senha;
  2. não forneça sua senha para qualquer pessoa, em hipótese alguma;
  3. não utilize computadores de terceiros (por exemplo, em LAN houses, cybercafes, stands de eventos, etc) em operações que necessitem utilizar suas senhas;
  4. certifique-se que seu provedor disponibiliza serviços criptografados, principalmente para aqueles que envolvam o fornecimento de uma senha. 
Fonte: Cartilha de segurança para internet

Não basta apenas conectarmos e navegarmos na internet, é preciso que venhamos tomar muito cuidado e estarmos atentos a essa questão da segurança, para evitarmos transtornos. Infelizmente existe muitas pessoas mal intencionadas no mundo real e no mundo virtual e a melhor maneira de evitarmos surpresas desagradáveis é nos prevenindo.





Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.