Deus trabalha no invisível

Imagem ilustrativa de uma "grama de gato" alheia. A minha ainda está crescendo :)
Essa semana plantei alguns caroços de milho de pipoca para fazer "grama de gato". Li por aí que ajuda na digestão e na eliminação das bolas de pelos dos cats e resolvi fazer esse agradinho para o meu bichano >^.^< 

Confesso que estou ansiosa, querendo que cresça logo, até porque eu nem imaginava que milho de pipoca se plantava. Hã?! Como assim?! #VivendoEAprendendo :)

Plantei os carocinhos na terra, estou regando dia sim, dia não e por três dias fiquei conferindo para ver se estava nascendo alguma coisa. Conferi, conferi...e nada. 

Mas hoje, ao amanhecer, vi que começaram a nascer alguns brotinhos (fiquei tão feliz!!!).

Os primeiros brotinhos 
E agora à noite quando cheguei em casa fui conferi de novo e o brotinho estava um pouquinho maior :)
Agora à noite
Acredito que daqui a mais alguns dias o vaso estará repleto de brotos verdinhos e Faísca poderá se deliciar com a sua "saladinha".

Embora esteja ansiosa para ver o resultado, estou também consciente de que Deus faz as sementes germinarem e brotarem no tempo certo. Tenho de esperar. 

Curiosamente me deu vontade de arrancar um brotinho e uma coisa que me chamou atenção foi o tamanho da raiz. 


Olha a raiz
O grão de milho levou alguns dias crescendo para baixo, formando a raiz, enquanto eu achava que não estava acontecendo nada... Eu comecei a pensar e isso me trouxe uma lição espiritual.
Tem tanta coisa que acontece que os nossos olhos não podem ver...
Muitas vezes sacrificamos em favor de algo ou alguém. Determinamos, cremos, oramos, mas tem momentos que parece que nada está acontecendo, pois a resposta que tanto desejamos não vem... 

Tem horas que parece que as sementes espirituais que plantamos ao longo da nossa caminhada com Deus não vão sequer brotar, que dirá dar fruto...Mas Deus trabalha no invisível.

Aos nossos olhos parece não estar acontecendo nada, todavia Deus está sim, fazendo cada semente lançada no terreno da fé germinar e principalmente criar raiz. Isso pode levar um tempo, mas no tempo certo elas irão brotar e produzir os seus frutos. 

E não adianta ficarmos ansiosos e nem conferindo a todo instante para ver se algo está acontecendo (como eu fiz essa semana ao plantar os caroços de milho para o Faísca). Devemos continuar fazendo a nossa parte e seguir plantando as sementes da fé e rega-las. Às vezes com lágrimas... Uma hora ou outra, ou melhor, no momento certo elas irão brotar, pois embora muitas vezes achemos que nada acontecendo, Deus está é trabalhando! 

*Atualização de post: O brotinho cresceu mais um pouquinho nessa manhã:)



*Atualização de post.2: Faísca já pode comer sua saladinha!


My yellow cat :)

Postar um comentário