Sou filho de Deus...


Essa afirmação de certa forma nos traz "conforto", e é por isso que sempre escutamos por aí várias pessoas declararem que são "filhas de Deus". 

Mas a verdade é que para muitas, essa afirmação tem sido um verdadeiro engano! 

Ninguém nasce filho de Deus e nem todos são filhos de Deus - #Fato - Todos nós nascemos como criaturas e há quem termine a sua vida aqui nesse mundo apenas como "criatura", porém o desejo de Deus é que nos tornemos Seus filhos. Mas essa é uma decisão nossa: se tornar filho (a) de Deus ou continuar apenas como criatura. 

Parece dura essa palavra, mas é a verdade. É dura, mas precisamos tomar conhecimento dela!

Para que nos tornemos filhos de Deus é necessário que creiamos nEle e desejemos nos tornar Seus filhos. Mas não se trata de desejar pura e simplesmente, esse desejo deve ser acompanhado de ATITUDE. 

Atitude de busca-Lo, de abandonar tudo aquilo que O aborrece. Pagar o preço - que é abrir mão do nosso eu, das nossas vontades, pecados, orgulho, preocupações, vícios... enfim, de tudo aquilo que no fundo sabemos que nos separa de Deus. 

Firmar uma aliança com Ele, obedecer e praticar a Sua Palavra, ser limpos através dela, buscar e receber o bem mais precioso de Deus, que é o Seu Espírito e assim se tornar filho de verdade. 

Há um caminho a percorrer para deixarmos de ser meras criaturas e nos tornamos filhos (as) de Deus. Há um preço a ser pago. 

É muito fácil dizer com nossos lábios que somos "filhos de Deus". Mas, e a vida que levamos? O nosso comportamento? Será que mostram que de fato somos filhos (as) de Deus?

Muitas pessoas querem ficar apenas com o título - É mais cômodo e fácil ser filho de Deus apenas nos lábios.

*Colaborou com esse texto minha amiga Alessandra.
Postar um comentário