Independência

/
3 Comments
Nunca podemos nos acomodar com a nossa situação, seja ela qual for. Sempre é tempo de aprendermos algo novo, de nos aperfeiçoarmos e principalmente, de nos esforçarmos para sermos independente em alguns aspectos na nossa vida.

É incrível como muitas vezes, por acomodação e sem nós percebermos, nos tornamos dependentes de outras pessoas até para fazer coisas simples e essenciais. É claro que precisamos uns dos outros, ninguém nasce sabendo e todos nós precisaremos em algum momento da nossa vida da ajuda de alguém, mas não podemos nos acomodar e nem aceitar certas "dependências".

Eu li um artigo da d. Cristiane Cardoso que trata exatamente disso:
‘Eu não sei dirigir, você pode me levar ao supermercado, por favor?'
‘Eu não falo Inglês, você pode ir comigo ao médico e servir de intérprete na minha consulta com ele?’
‘Eu não sei como usar o computador, você pode abrir uma conta de e-mail para mim? '
Hoje, esses talentos não são opcionais, mas necessários. Se você quer ser agradável, você também precisa aprender a conviver neste mundo moderno. Ser independente em alguns aspectos. Quando você costuma depender dos outros, muitas vezes você pode se tornar importuna também.
Quando você é independente das outras pessoas e de suas opiniões, é como se você tivesse chegado onde deveria estar. Você se torna uma pessoa confiante.
Realmente, ser independente em alguns aspectos da nossa vida é muito bom.

Lembro-me de quando meu esposo me deu o meu primeiro computador; eu sequer sabia como ligar. Precisava instalar antivírus e programas básicos...mas se não sabia nem como ligar, quanto mais!

Não tinha noção de como acessar a internet, do que era e-mail, sites...era tudo um bicho de sete cabeças, pois não fiz curso de informática. Na época estava em Angola.

Pedi para uma pessoa que era “fera” em computação, instalar os programas necessários e me ensinar a usar a máquina...mas nunca dava, ela ficava me enrolando, com má vontade para ensinar...e eu acabei percebendo. Decidi então que aprenderia sozinha! Comecei a “fuçar” e finalmente aprendi ou melhor, continuo aprendendo. Hoje sei fazer algumas coisas como instalar programas, editar vídeos, fazer convites, folhetos, documentos…Aprendi também usar a internet. 

No início com medo, pois era um mundo novo para mim e sempre ouvi falar dos malefícios. Que na internet havia muita coisa que não prestava, que poderia danificar meu computador, entrar vírus, que alguém poderia roubar minha identidade….enfim. Mas como sempre fui curiosa, pesquisei a respeito de como utilizar a internet com segurança, pesquisei dicas de como proteger meu computador e descobri que na internet não havia apenas coisas negativas, que poderia sim, aprender muita coisa boa e que serviria para o meu dia a dia. Aprendi até a criar esse blog e estou sempre pesquisando para melhora-lo, para que ele sirva de instrumento para abençoar vidas.

Certa vez viajei de carro de Alagoinhas para Salvador com um pastor e sua esposa e tivemos que ficar parados na estrada cerca de uma hora, pois ele comeu algo que o fez passar mal e consequentemente ficou sem condições nenhuma de dirigir. Nesse dia meu esposo, que poderia conduzir o carro, não estava conosco.

O pastor reclamou muito com sua esposa, pois queria que ela aprendesse a dirigir e tirasse a sua habilitação, para que numa situação como essa, pudesse ajuda-lo...mas ela tinha medo e não queria aprender.

Ele perguntou se eu sabia dirigir e eu disse que não... ele chamou minha atenção; disse que eu deveria aprender, até para ser útil na Obra de Deus!

Ele tinha razão!

Se eu ou a esposa dele soubéssemos dirigir, poderíamos ajuda-lo naquele momento e não ficaríamos parados na estrada, correndo o risco de sermos assaltados e nem chegaríamos atrasados na reunião que teve naquele dia :(

Essas são apenas duas situações que passei que serviram para me despertar, para mostrar que eu precisava sim, ser “independente” em algumas coisas.

Uma frase me chamou atenção no artigo da d. Cris. Ela escreveu assim:
Esforce-se para ser independente e você saberá exatamente o que quero dizer ... ninguém poderá derrubá-la e nada poderá impedi-la de crescer e fazer mais para Deus!
Fazer mais para Deus...esse deve ser o nosso objetivo e por isso devemos buscar determinadas "independências"!

Espero que você tenha gostado dessa postagem e que de alguma maneira ela tenha abençoado a sua vida.
Forte abraço
PS.: Aprendi a dirigir e já tirei minha habilitação. Não fico mais parada na estrada :)


Leia também

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.